Discurso da globalização nas ciências sociais

Mohammad Hanif Sharifi

Resumo


Abordar a globalização e a sua relevância para as ciências sociais é um desafio imenso e assustador, que requer atenção sistemática e conhecimento profundo. No entanto, existe um acordo geral entre os cientistas sociais de que a sociedade mudou ao longo do tempo e se tornou mais complexa do que nunca. De facto, pensamos mais globalmente do que nunca e isso resulta de e em mudanças e transformações. O discurso da globalização nas ciências sociais sempre esteve associado ao conceito de mudança social, e essas mudanças sempre foram no sentido do desenvolvimento da sociedade. Os pensadores clássicos foram os primeiros a pensar e a caracterizar a sociedade a evoluir de um estádio para o outro.
Nas nossas cidades cosmopolitas, a nossa vida e os nossos espaços sociais são enormemente afetados pela inteligência artificial, pela internet e pela comunicação social que nos ligam ao mundo e tornam a nossa vida social muito mais interconectada. Aparentemente, nesta era global, todos os dias surgem novos fenómenos que nunca existiram antes. Um dos aspetos do mundo global é um económico que integrou o Estado-nação numa entidade de poder articulada que se eleva como poder global. É óbvio que a transformação económica e as relações sociais em todo o mundo interligam cada vez mais pessoas e lugares através da organização do trabalho e dos fluxos de bens e serviços. Talvez os cientistas sociais devam propor uma mudança teórica para entender melhor esses novos fenómenos que estão a surgir. Mas subsiste a difícil questão de saber como é que os cientistas sociais estão a considerar as mudanças nas teorias sociais e como as teorias das ciências sociais globalmente estão a trabalhar. O objetivo deste artigo não é discutir todas as mudanças estruturais da teoria das ciências sociais. É uma tentativa para chamar a atenção do leitor para um discurso existente nas ciências sociais sobre mudança social e a globalização.


Palavras-chave


Globalização. Mudanças Sociais. Relações Sociais. Ciências Sociais. Transformação Social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos Possíveis. ISSN impresso 1677-7603
ISSN eletrônico 2447-9047