A tragédia no Rio de Janeiro na Revista Veja: os mitos e a complexidade sócio-ambiental

Roberto Ramos, Liége Zamberlan

Resumo


O temporal, que caiu no Rio de Janeiro, na madrugada de 06 de abril de 2010, foi trágico. O obscuro das mortes e das destruições foi capaz de colocar sob os holofotes a realidade social brasileira. A Revista Veja procurou representar esse contexto por meio de seus discursos jornalísticos. Para compreendê-los e explicá-los, utilizaremos a Semiologia, de Roland Barthes e o Paradigma da Complexidade, de Edgar Morin.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos Possíveis. ISSN impresso 1677-7603
ISSN eletrônico 2447-9047